Skip to content
Home
Fe-Ti-V ASSOCIADO AO GABRO DE LÍDICE, ESTADO DO RIO DE JANEIRO PDF Imprimir E-mail
19/07/2017
O DRM-RJ em conjunto com a UERJ vem desenvolvendo pesquisas visando identificar potencias minerais do Estado do Rio de Janeiro até então desconsiderados. Neste contexto, indicamos que esta a disposição a seguinte publicação desta parceria:

"Fe-Ti-V ASSOCIADO AO GABRO DE LÍDICE, ESTADO DO RIO DE JANEIRO"

Resumo: O enriquecimento em Vanádio do gabro do Lídice, é de 2 a 3 vezes maior do que o clarck esperado para tal tipo de rocha. O principal óxido é a titanomagnetita, com inclusões e exsoluções de ilmenita. O vanádio concentra-se principalmente na titanomagnetita, variando os teores entre 0,68% e 2,07% de V2O5. Os valores de titânio e vanádio do gabro de Lídice, compatíveis aos encontrados em minas de Fe-Ti-V associadas a gabros da Finlândia, China e Egito, em conjunto com o seu conteúdo em peso de titanomagnetita (entre 7,0% e 25%) apontam, preliminarmente, para o potencial econômico desse corpo.
 

Acesso Rápido