Skip to content
Home
Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade - SEAS passa a compor estrutura no CICC PDF Imprimir E-mail
20/03/2019
 
A iniciativa permitirá ao Inea e ao DRM melhorar a capacidade de resposta do estado às catástrofes.

 

 
 A secretária de Estado do Ambiente e Sustentabilidade, Ana Lúcia Santoro, inaugurou na tarde dessa segunda-feira (18/3), no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), a sala do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e do Departamento de Recursos Minerais (DRM), órgãos vinculados à secretaria.
A iniciativa permitirá ao Inea e ao DRM melhorar a capacidade de resposta às catástrofes e trabalhar integrados aos órgãos municipais, estaduais e federais que ocupam o CICC monitorando o cotidiano do estado, garantindo a segurança e gerenciando as calamidades.
O subsecretário da Defesa Civil, Cel. Bombeiro Militar Marcelo Hess de Azevedo, destacou a importância da participação ativa do Inea e do DRM no CICC. “A presença dos órgãos vinculados à Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade era um anseio nosso. Estou na Defesa Civil há muitos anos e nunca vi uma integração tão grande como a que estou presenciando agora”, declarou.

Para a secretária Ana Lúcia Santoro, o trabalho da Seas em parceria com os órgãos que compõem o
CICC resultará em ações de pronta resposta mais efetivas e céleres para a população fluminense.
 
“Hoje damos um importante passo rumo à integração dos setores que gerenciam a calamidade no estado do Rio de Janeiro e atendemos uma meta do governador Wilson Witzel em tempo recorde e sem custos para a gestão. Com essa nova estrutura, passaremos a disponibilizar informações produzidas pela secretaria, tais como: dados das estações que medem os níveis dos rios e da chuva, que possibilitam acompanhar os acumulados de precipitação; informações dos radares que mostram a estimativa de precipitação e permitem acompanhar os núcleos de chuva; além do monitoramento dos rios com o Alerta de Cheias - tudo em tempo real”, afirmou Santoro.

 
Participaram do evento o presidente do Inea, Claudio Dutra; o presidente do DRM, Robson Sheeny; servidores da Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade, geólogos, biólogos e meteorologistas.

Sobre o CICC
Instalado na Cidade Nova, o CICC tem acesso a mais de quatro mil câmeras e possui um efetivo de quase 1.200 pessoas, muitas delas no atendimento às ligações de emergência, integração de forças de segurança e defesa social. A estrutura conta com representantes de órgãos municipais, estaduais e federais, como polícias Civil e Militar, Samu, Bombeiros – incluindo as centrais 190, 192 e 193, respectivamente –, Polícia Rodoviária Federal, Guarda Municipal, Defesa Civil Estadual, Centro de Operações Rio, Agência Reguladora de Transportes (Agetransp) e Central de Regulação de Leitos. 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

Acesso Rápido