Skip to content
Home Downloads
Downloads
Up

Ciclo de Palestras DRM-RJ - 5/7/2012 - Panorama Mineral do Estado do Rio de Janeiro

Serviço Geológico retoma Ciclo de Palestras com o Tema “Panorama Mineral do Estado do Rio de Janeiro”

No último dia 5 de julho o Serviço Geológico do Estado do Rio de Janeiro (DRM-RJ) retomou sua programação do Ciclo de Palestras, com o tema sobre
a Mineração Fluminense, apresentando os resultados preliminares do “Panorama Mineral do Estado do Rio de Janeiro”, para um público de cinquenta pessoas, que lotou o auditório do DRM-RJ.

O evento contou com a participação de representantes de diversos setores, entre os quais a Defesa Civil Estadual, as secretarias de Estado de Desenvolvimento Econômico (SEDEIS) e de Planejamento e Gestão (SEPLAG), o Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), o Centro de Tecnologia Mineral (CETEM), o Departamento Nacional da Produção Mineral (DNPM), o Centro de Pesquisas da Petrobras (CENPES), as universidades (UERJ, UFRJ e UFRRJ), além de vários representantes do empresariado ligado ao setor mineral (areia, brita, água mineral).

No Ciclo de Palestras foi apresentado um resumo da publicação elaborada pelo corpo técnico da Diretoria de Mineração, que estará disponível em nossa página eletrônica no mês de agosto de 2012. Após introdução, feita pela diretora de mineração Debora Toci, o geógrafo Marcus Felipe Cambra, o geólogo Marcelo Lyra Parente, o economista Ronaldo Maurício e a diretora Debora Toci apresentaram os temas e, para encerrar o evento, o presidente Flavio Erthal conduziu profícuo debate sobre os temas, com a participação dos presentes.

O Panorama Mineral do Estado do Rio de Janeiro (resumo)

O Panorama Mineral do Estado do Rio de Janeiro tem como objetivo traçar um quadro da mineração no Estado do Rio de Janeiro, a partir das informações contidas no CAM (Cadastro de Atividade Mineral), que é um documento preenchido pelos mineradores ao requererem o registro de sua atividade no Departamento de Recursos Minerais do Estado do Rio de Janeiro (DRM-RJ); e dos dados fornecidos pelo Anuário Mineral Brasileiro, editado pelo Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM).

O trabalho apoiou-se nos dados contidos na base de dados do CAM no ano de 2011. Ao confrontarmos as informações existentes nas duas instituições, foi possível se traçar um quadro das atividades minerais no estado do Rio de Janeiro, e apontar algumas perspectivas e tendências futuras para a atividade mineral no território fluminense.

A partir deste quadro geral da mineração no estado do Rio de Janeiro, serão direcionados estudos específicos voltados para o desenvolvimento da atividade mineral no estado em bases sustentáveis, ampliando a escala de detalhe do conhecimento da geologia fluminense e do setor mineral fluminense.

E com este conhecimento, atender, com informações sobre potencial, oferta e demanda por bens minerais, os diversos empreendimentos que procuram o estado do Rio de Janeiro para instalarem as suas plantas, e que demandam ou demandarão um grande volume de bens minerais, em especial os agregados para construção civil, para implementação de seus projetos, vitais para o desenvolvimento fluminense.

 

Acesso Rápido

Siga-nos em nossas redes sociais