Skip to content
Home Downloads
Downloads
Up

Ciclo de Palestras DRM-RJ - 25/10/2012 - Chuva x Escorregamento

Chuva x Escorregamento: Apresentações do Ciclo de Palestras estão Disponíveis para Download
No dia 25 de outubro aconteceu a edição do Ciclo de Palestras do DRM-RJ / Serviço Geológico do Estado do Rio de Janeiro sobre o tema “A Correlação Chuva x Escorregamento como Base para Acionamento de Alertas e Alarmes no Estado do Rio de Janeiro - Desafios e Estado da Arte”, que contou a presença de mais de 100 participantes. O principal objetivo do evento era apresentar os estudos recentes para a determinação dos índices pluviométricos críticos para a Região Serrana do estado do Rio de Janeiro. Foram apresentadas as metodologias e modelos existentes e as dificuldades em se estudar o tema devido à falta de dados confiáveis de chuva e escorregamentos 
Na abertura, estiveram presentes o Presidente do DRM, Flavio Erthal e o Secretário Estadual de Defesa Civil, Cel. Sergio Simões. Na sequência foram realizadas cinco apresentações sobre o tema. O professor Eurípedes Vargas Jr., da PUC-Rio e UFRJ, apresentou alguns conceitos sobre modelos de infiltração e sua utilização como ferramenta para estudar o efeito da chuva nas encostas. A geóloga Aline Freitas da Silva, do NADE/DRM-RJ ressaltou os principais pontos da tese de doutorado do geólogo Ricardo Neiva d'Orsi, da GEO-Rio, sobre a "Correlação entre pluviometria e escorregamentos no trecho da Serra dos Órgãos da rodovia federal BR-116 RJ (Rio-Teresópolis). A engenheira geotécnica Desirée de Oliveira e Silva, bolsista de um projeto da UNESCO, apresentou os primeiros resultados do projeto para determinar os índices de chuva crítica para a Região Serrana do estado do Rio de Janeiro. A analista em desastres do CEMADEN, Mariane Assis, apresentou o projeto piloto sobre risco dinâmico na Região Serrana do estado do Rio de Janeiro. Por último, a engenheira geotécnica do NADE/DRM-RJ, Raquel Ofrante Salles, ressaltou a importância da parceria com o SIMERJ para avançar nos estudos da correlação chuvas x escorregamentos e apresentou a nova proposta de índices críticos do DRM-RJ, após a determinação da curva pluviométrica crítica para a Região Serrana. 
Encerrando as palestras, um rico debate entre os presentes propiciou a indicação de projetos e iniciativas futuras com vistas a atingir um efetivo trabalho conjunto para a obtenção de limiares pluviométricos representativos para o estabelecimento de alertas e alarmes contra escorregamentos.

 

Acesso Rápido

Siga-nos em nossas redes sociais